Dica de Livro: A Culpa é Das Estrelas de John Green

E aí gente  :] Tudo bem?

Já tem um tempo que não posto nada sobre livro, essa postagem na verdade, é uma re-postagem, eu já tinha postado sobre o livro, mas ainda não tinha lido, então como eu já li resolvi refazer a postagem, então vamos lá.

Créditos da imagem: Blog, A Series Of Serendipity

Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Créditos da imagem: Blog, A Moça Dos Sonhos

E aí gostaram da sinopse? Bem, a primeira coisa que me chamou a tenção foi a capa, gente a capa é perfeitíssima, se eu fosse escolher uma capa para um livro provavelmente seria essa capa, eu amo o céu, nuvens e tudo relacionado, então quando eu olhei essa capa eu me apaixonei, não sabia se ia gostar do livro, porque parecia um pouco triste e eu fico com um pé atrás quando se trata de livros tristes, então li várias resenhas e não achei uma que falasse mal desse livro, todas as que li, tinha coisas como “É realmente um livro emocionante, que você não consegue parar de ler …” e mais um monte de coisas.

Então eu comecei a ler o livro, no começo eu achei um pouco estranho, na verdade não estranho, mas diferente, mas prendeu a minha atenção de qualquer jeito, e claro eu continuei lendo e gente é muito bom mesmo. Quando eu terminei de ler eu fiquei tipo, O Markus Zusak tem razão, você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais. Então eu realmente indico. A história não fica chata em nenhum momento. Leiam é muito bom.

Eu amei o site do livro www.aculpaedasestrelas.com.br, é super lindo e tem umas curiosidades e spoilers também! Muitas pessoas não gostam dos spoilers mas, as vezes eu procuro por alguns, não gosto muito quando revelam o final, mas algumas partes eu gosto! ~Estranha! Eu sei~

Então, acho que é isso. E vocês já leram? Ficaram com vontade de ler? Ou reler?

Obrigada pela visita!

Beijos

Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James

Cadê o romance?
 
Para começar posso dizer que foi muito difícil começar a escrever essa resenha, pelo simples fato de que o livro não me emocionou em nada pelo contrário tive dificuldade em terminar de lê-lo, e até pensei em abandona-lo. Bem, vamos primeiro aos elogios… o primeiro capítulo é o melhor do livro inteiro e é muito bem escrito, acredito que a maioria das pessoas que o leram ficaram com uma vontade enorme de continuar a ler o livro, efeito esse que a sinopse do livro também tem o poder de causar, porém o livro não faz jus a toda publicidade ao redor dele.
Vamos lá as críticas… para começar o livro torna-se chato e cansativo, perdi a paciência várias e várias vezes, o livro parece  andar em círculos e possui capítulos e cenas muito parecidas, podemos até deduzir a resposta de Anastásia algumas vezes, assim como podemos deduzir o que Christian irá fazer com ela. Falando nisso, na minha humilde opinião de leitora, eu acredito que a autora do livro não saiba distinguir pornografia de erotismo, por que ela promete um romance erótico e a única coisa que nos recebemos é um conjunto de contos quase repetidos que narram as sádicas relações sexuais dos protagonistas e que você pode até lê-los separados se o que te interessa é a pornografia, antes que você que está lendo pense que tenho preconceitos ou reservas a cerca desse tipo de romance posso dizer que leio e já li muitos desse gênero, um exemplo, Dois pesos, duas medidas de Judith McNaght que por um acaso é um dos meus livros favoritos, portanto conheço mais ou menos bem do que estou falando. 
O pior de tudo para mim é a “mocinha”… nunca tinha lido em minha vida uma narrativa em primeira pessoa em que a protagonista tem a personalidade tão rasa quanto uma gota d’água, ela simplesmente não reagi, ela não diz, literalmente já que é ela quem narra, realmente o que senti, temos a impressão o livro inteiro que ela simplesmente não se importa com o que ele está fazendo com ela pelo simples fato de que ele a prende a ele pelo sexo e quando parece que alguma coisa vai acontecer e que ela vai enfim fazer alguma coisa, nem que seja gritar… ou fazer ele ouvi-la, ela foge e o livro acaba. 

Dica de Livro: Insônia de Marcelo Carneiro da Cunha

Insônia, bem … apesar de ser bem teen, mas quando eu digo bem, é bem mesmo é muito bom, (quantos “bem”) sabe aqueles livros assim super leves que você termina de ler em uma/duas hora, pois é, é esse, e quando termina de ler, lê de novo e mais uma vez até que você decora as falas. O livro é super divertido, li quando tinha 15 anos (não foi a tanto tempo não! se foi isso que vocês pensaram, ainda sou jovem. haha), a acabei pegando algumas gírias da Cláudia – protagonista do livro -, se vocês já leram, vocês sabem do que estou falando. Então acho que é isso, super indico pra vocês, é muito fofo, então naveguem em Insônia também!

Beijos 🙂

Sinopse:

“Você tem um pai, você tem uma casa pra cuidar, você vai à escola, quer ser cientista, quer saber mais sobre a vida, sobre as pessoas, sobre você. Você tem uma turma que adora você, mas eles estão na internet e você nunca encontrou nenhum deles ao vivo.

Você gosta de aventura, quer saltar de pára-quedas, tem as fantasias mais loucas, gosta de ler, gosta de viajar, gosta de zoar. Sua banda predileta é Garbage, você nem sabia que uma poesia era tão bom, e não sabia que uma certa pessoa gostava tanto de você.”

A Hospedeira/The Host – Poster e Trailer

Olá 🙂 Já tem um tempo que não posto nada aqui! :/ Bem, mas hoje trago o poster de um filme super esperado por mim! A HOSPEDEIRA, que é a adaptação cinematográfica do livro de Stephenie Meyer! Eu amo o livro, com certeza é um dos meus favoritos! E ano que vem dia 29 de março o filme vai ser lançado! A tanto tempo que espero, bem pra mim o cast poderia ser um pouco melhor, porque acabou com toda a minha imaginação! Eu sinceramente imaginava o Ian muito diferente! Mas a Peg/Mel ficou até um pouco parecida com o que eu imaginava! Confiram o poster: Elenco:

  • Saoirse Ronan como Melanie Stryder/Peregrina
  • Diane Kruger como A Buscadora
  • Max Irons como Jared Howe
  • Jake Abel como Ian O’Shea
  • William Hurt como Jeb Stryder
  • Boyd Holbrook como Kyle O’Shea
  • Chandler Canterbury como Jamie Stryder
  • Frances Fisher como Maggie Stryder
  • Scott Lawrence como Doc
Trailer: 
Sinopse do livro: Em A Hospedeira nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Dica de Livro: A Última Música de Nicholas Sparks

Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

@YasminSanva hand!

Sei o que você, que já assistiu o filme “A última música” está pensando – Pra que eu vou ler esse livro se eu já assisti o filme? – mas, não se engane, o filme apesar de ter os personagens iguais e também a maior parte da história, tem muita coisa que é diferente, se você como eu assistiu o filme antes de ler o livro, acha que Ronnie é má com o pai dela – haha – não, não, ela é até boazinha com o pai no filme, ainda não li todo por que minha irmã insisti em me torturar, não terminando de ler o livro, mas logo, logo eu termino, bem leiam o livro por que é muito linda, adorável e tem uma perfeita história de amor! Dramático, certo! Mas perfeito. Então super indicado.

Confira abaixo o trailer oficial do filme:

Livro – Não sou este tipo de garota de Siobhan Vivian

Sinopse:

Perversa ou inofensiva? Confiável ou hipócrita? Controlada ou insensata? A vida é sobre suas decisões e escolhas, e Natalie Sterling se orgulha de sempre fazer as melhores. Ela ignora os caras populares e babacas da escola, sempre ganha medalhas de honra e está prestes a ser a primeira estudante jovem a ser presidente do conselho estudantil em anos. Se apenas todas as outras garotas fossem tão sensíveis e fortes. Como o grupo de novatas que querem ser brinquedos dos jogadores de futebol. Ou sua melhor amiga, que tomou uma decisão idiota que quase arruinou sua vida. Mas ser sensível e forte não é fácil. Não quando uma brincadeira quase a faz ser expulsa. Não quando seus conselhos dóem mais do que ajudam. Não quando um cara que ela já deu um fora se torna o cara que ela não consegue parar de pensar. A linha entre o certo e o errado foi distorcida, e cruzá-la poderá resultar em um desastre… ou se tornar a melhor escolha que ela já imaginou fazer.

Ok, pessoal eu ainda não li esse livro, mas não vai demorar muito a ler, encontrei esse livro no skoob, li a sinopse e gostei e estou aqui repassando, é um livro interessante (eu acho) mesmo nunca tendo ouvido falar dessa escritora antes, mas enfim a sinopse é boa, o livro deve ser ótimo, leiam e digam o que acham 🙂

Beijos, Bella.

Livro – Antes Que Eu Vá de Lauren Oliver

Livro Antes Que Eu Vá de Lauren Oliver, parece muito bom, estou com muita vontade de ler, é gente, eu ainda não li, mas mesmo assim estou indicando para vocês, parece um pouco triste, mas parece também que a história muito perfeita!

Confira a sinopse do livro Antes Que Eu Vá de Lauren Oliver:

Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.